Gotham Knights | Pôster da nova série da DC é revelado - Multiversos
Siga-nos nas redes sociais

Séries | TV

Gotham Knights | Pôster da nova série da DC é revelado

Fomos brindados com o primeiro pôster da próxima geração de séries inspiradas nos quadrinhos da DC Comics.

Publicado há

em

A próxima série do baseada na Batfamília está chegando! Nesta quinta-feira, 19 de maio, foi divulgado o primeiro pôster de Gotham Knights, a nova série da CW prevista para estrear em 2023.

Gotham Knights é mais uma série baseadas nas HQs do Batman, mais precisamente na Batfamília. A série está com tudo liberado para a temporada 2022-2023, assim como as séries parceiras de DC, The FlashSuperman & Lois. Já outras séries da DC não tiveram a mesma sorte de continuarem, como Batwoman, Legends of Tomorrow e Naomi que foram canceladas recentemente.

Gotham Knights acontece logo após o assassinato de Bruce Wayne, onde seu filho adotivo rebelde forja uma aliança improvável com os filhos dos inimigos do Batman quando todos são acusados de matar o morcegão. E, como os criminosos mais procurados da cidade, esse bando renegado de desajustados deve lutar para limpar seus nomes. Mas, em uma Gotham sem o seu Cavaleiro das Trevas para protegê-la, a cidade se torna a mais perigosa do que já foi. Mas… porém… no entanto… toda via… a esperança vem dos lugares mais improváveis, pois essa equipe de fugitivos incompatíveis se tornará sua próxima geração de salvadores.

A série será estrelada por Oscar Morgan como Turner Hayes, Anna Lore como Stephanie Brown, Olivia Rose Keegan como Duela Dent, Navia Robinson como Carrie Kelley, Fallon Smythe como Harper Row, Tyler DiChiara como Cullen Row e Misha Collins (muito conhecido pelo grande público como o Castiel de Supernatural) como Harvey Dent.

++Veja também:
– Doutor Estranho no Multiverso da Loucura | Longa se destaca por (enfim) inserir terror ao MCU
– Mulher-Hulk: Defensora de Heróis | Trailer finalmente apresenta o visual da heroína na série

Gotham Knights  será produzida pela Warner Bros. Television e Berlanti Productions, como está transcorrendo com outras séries da DC. Os produtores executivos são Fiveash e Stoteraux com Greg Berlanti, Sarah Schechter e David Madden da Berlanti Productions, enquanto o roteiros estão por conta de Chad Fiveash, James Stoteraux e Natalie Abrams que atuará como produtor co-executivo. Fiveash e Stoteraux atuavam como produtores executivos da finada série da  Batwoman mas eles ainda têm créditos em Gotham, KryptonThe Vampire Diaries e Abrams escreveu para Batwoman e Supergirl.

Diz aí o que vocês acharam do primeiro pôster da nova série?

Gotham Knights vai estrear em algum momento de 2023, é só colar na gente para mais novidades.


Acompanhe nossas redes sociais para mais novidades:
Facebook | InstagramTwitterYouTube



Séries | TV

Stranger Things 4 | Clima de derrota permeia trailer eletrizante do volume 2

Novo trailer do traz cenas inéditas e um clima de desesperança para os nossos heróis.

Publicado há

em

A Netflix liberou há pouco um trailer repleto de cenas inéditas e bastante tenso da parte 2 da quarta temporada de Stranger Things. O vídeo mostra nossos heróis se preparando para a guerra contra o mundo invertido, antes que este tome conta de Hawkins.

Entre os destaques da prévia, estão Max enfrentando Vecna novamente, Nancy no laboratório de Hawkins, Will e Jonathan se abraçando forte, e muito mais. Confira abaixo:

A parte 01 da 4ª temporada de Stranger Things, composto por sete episódios, está disponível na plataforma desde o seu lançamento em maio. Stranger Things Volume 2, com os dois últimos episódios da temporada 4, chegam a Netflix em 1º de Julho.

++Veja também:
– Stranger Things 4 é confirmada como a maior temporada da franquia
– Stranger Things 4 chega maior e mais aterrorizante do que nunca — Crítica com spoilers


Acompanhe nossas redes sociais para mais novidades:
Facebook | InstagramTwitterYouTube



Continue lendo

Séries | TV

Stranger Things 4 chega maior e mais aterrorizante do que nunca — Crítica com spoilers

Após um hiato de quase três anos, Stranger Things 4 finalmente está de volta, desta vez maior e mais aterrorizante como jamais vista.

Publicado há

em

stranger-things-4-logo-capa

Stranger Things 4 enfim chegou, após um hiato de quase três longos anos de muita espera e ansiedade, por parte dos fãs e de todos que amam a série.

Em seu quarto ano, Stranger Things retorna mais madura, maior e muito mais tenebrosa do que jamais fora. E por mais que os novos capítulos emulem muita coisa da primeira temporada, o clima de brincadeiras e diversão aqui estão reduzidos, enquanto acompanhamos sete episódios de muita tensão.

Como os irmãos Duffer (criadores da série) já haviam nos avisado em entrevistas passadas, o projeto de Stranger Things era crescer e ficar maior à medida que as crianças e a história fossem amadurecendo, e assim eles fizeram. Nos novos episódios a ameaça do Upside Down (o mundo invertido) chega a um nível mais macabro e sanguinário, onde conhecemos o vilão Vecna, implacável e brutal, encaixando a trama cada vez mais no clima de terror.

++Leia também:
– Stranger Things 4 | Temporada homenageia sua origem e prepara seu desfecho (crítica sem spoilers)
– Stranger Things 4 é confirmada como a maior temporada da franquia

O 4º ANO

Stranger-Things-4-logo

A quarta temporada de Stranger Things se inicia apenas seis meses após os acontecimentos da batalha de Starcourt, vista no final da 3ª temporada. E, já de cara, a trama nos relembra como estão nossos heróis e heroínas neste ponto da história: separados e desconsertados.

A trama é dividida em 4 núcleos: Califórnia, Rússia, Hawkins e um Laboratório Secreto. Tantos pontos distintos poderiam dar muito errado e deixar a história espaçada demais e sem ritmo, o que ainda bem, não acontece. Por mais longos que sejam os novos episódios (todos com mais de 1h), eles têm a duração que precisam ter para contar essa nova história. Tudo é intenso, fluído e viciante como deve ser.

ELEVEN DISTANTE

Stranger-Things-4-eleven-distante.jpg.png

Uma nova onda de mortes se espalha por Hawkins, graças ao novo vilão Vecna, gerando um clima de insegurança e medo por toda a cidade e, como de praxe, o nosso grupo de heróis da pequena cidadezinha, suspeitando que tais acontecimentos possam ter ligação com o Upside Down, logo partem em busca de investigarem os terríveis casos de mortes estranhas a jovens, inspiração total no clássico A Hora do Pesadelo, de 1984.

Entretanto, dessa vez, a série traz destaque a esses personagens sem a dependência de Eleven, que está distante e sem seus poderes para ajudar seus amigos. Enquanto isso, os grupos conduzem suas investigações da forma como já estão acostumados.

Contudo, por mais que seus planos de salvar Hawkins do terrível vilão Vecna funcionem até certo ponto, é nítido que Eleven será essencial para salvar seus amigos e o mundo mais uma vez dos monstros do Upside Down. Motivo esse que a leva de volta aos corredores de laboratórios e ao seu Papa/Dr. Brenner (Matthew Modine), que misteriosamente ressurge, após ter sido supostamente morto por um Demogorgon na primeira temporada. Em uma clara homenagem ao início de tudo, Eleven aceita participar do projeto Nina, na esperança de ter seus poderes de volta. Aquele típico ato de jornada do herói onde, para derrotar o seu inimigo a frente, deve-se voltar ao passado para entender o todo.

++Leia também:
– Thor: Amor e Trovão | Saiu o trailer valendo!
– Doutor Estranho no Multiverso da Loucura | Longa se destaca por (enfim) inserir terror ao MCU

MAIS PERIGOSO E MAIS MACABRO

Stranger-Things-4-vecna

Quando mencionei que a quarta temporada de Stranger Things está com seus momentos de descontração reduzidos, não foi à toa. O clima de terror, suspense e de urgência aqui apresentados permeia boa parte do tempo dos episódios, afinal as ameaças do mundo invertido estão crescendo a cada dia e se tornando muito mais perigosas que antes.

Com novos vilões e seres assombrosos tomando o controle da situação, os novos episódios de Stranger Things são, visivelmente, mais sombrios e escuros, dando a Hawkins o clima de terror perfeito, by Stephen King.

– “Uma dica: assista a noite com as luzes bem apagadas para a imersão ser maior.”

HISTÓRIA E PERSONAGENS MAIS MADUROS

stranger-things-4-netflix-quarta-temporada

É bem visível que a trama e os personagens da série estão mais maduros neste ponto da história. O roteiro do quarto ano, além de nos entregar mais violência e sangue – há um momento onde Nancy se vê dentro de uma piscina (literalmente) repleta de sangue – há também um maior desenvolvimento de personagens, onde podemos testemunhar como os nossos heróis levam suas vidas em meio aos traumas e investidas do Upside Down.

Todo o carismático elenco da série continua incrível e até melhores do que nas temporadas anteriores, mas tenho que admitir que Sadie Sink (Max) e Millie Bobby Brown (Eleven) brilham muito nessa nova temporada. Principalmente Sadie, que no quarto episódio protagoniza uma das melhores sequencias de ação, quando, com a ajuda de Lucas (Caleb McLaughlin), Dustin (Gaten Matarazzo) e Steve (Joe Keery), consegue se desvencilhar das garras de Vecna e fugir do transe da morte. Uma cena tensa e muito angustiante, diga-se de passagem.

David Harbour, nosso amado delegado Hopper também não fica atrás, e por mais que a princípio o roteiro não favoreça muito o seu arco, a experiência com o personagem e o carisma de David nos entrega a melhor atuação do ator em toda a série, além da fantástica cena de luta contra o Demogorgon na cadeia, que foi sensacional.

E não podemos esquecer de Jaime Campbell, que é nos apresentado como um enfermeiro solidário do Laboratório Hawkins, sempre misterioso, quieto e disposto a ajudar Eleven, acaba se revelando como Vecna, nosso principal vilão desta temporada, em uma cena onde fiquei grudado na frente da TV.

Entretanto, nem tudo vai muito bem. Com uma quantidade de personagens que só crescem a cada temporada, além das muitas tramas secundárias que a série criou, esta primeira parte deixa muitas questões em aberto, perdendo tempo para desenvolver seus outros principais personagens.

Will (Noah Schnapp), por exemplo, em diversos momentos vemos sutilmente a sua sexualidade e sentimentos pelo Mike (Finn Wolfhard) ser abordada, mas ao invés desse assunto ser melhor desenvolvido, recebemos cenas de Argyle (Eduardo Franco) e Jhonata (Charlie Heaton) fumando e jogando conversa fora, ou até mesmo do outro novato Jason (Mason Dye), atuando como o estereotipo do capitão do time da escola. Tais momentos não mudam muita coisa na trama principal e só tiram tempo de tela de elementos que realmente são importantes.

O FUTURO DE STRANGER THINGS

Stranger-Things-4-Futuro

Como já disse, a quarta temporada de Stranger Things chegou nos trazendo respostas para alguns questionamentos, mas também só abriu mais dúvidas: Por que o 001/Vecna não matou Brenner no passado? Terá Brenner alguma ligação com o Upside Down, por causa de Vecna, e por isso o Demogorgon não o feriu gravemente na primeira temporada? Como Eleven conseguiu criar o primeiro portal com apenas seis anos, se ela não conhecia aquele lugar? O poder de Eleven vem do 001, mas terá esse poder coligação com o Upside Down? Vecna foi o responsável por remodelar esse mundo hostil, transformando-o em um espelho do nosso mundo?

Muitas perguntas e poucas respostas para uma série já tão misteriosa.

Contudo, mesmo a trama se perdendo em alguns momentos, o quarto ano de Stranger Things consegue ser muito divertido de assistir. Um trabalho brilhante dos irmãos Duffer que conseguem aprofundar a história de alguns dos seus personagens, gerando ótimas discursões em meio a isso, sabendo equilibrar muito bem os clichês e referencias deliciosas dos anos 80 com um ótimo clima de terror.

Agora, só nos resta esperar pelos dois últimos episódios que prometem ser avassaladores, em 01 de julho. Haja coração!


Acompanhe nossas redes sociais para mais novidades:
Facebook | InstagramTwitterYouTube



Continue lendo

Séries | TV

Stranger Things 4 | Temporada homenageia sua origem e prepara seu desfecho

Com uma temporada que lembra muito a primeira em vários aspectos, Stranger Things 4 acerta nas escolhas e adianta sua história para o seu caminho final.

Publicado há

em

capa-stranger-things-4

A temporada 4 de Stranger Things está chegando a Netflix e nós trazemos aqui as nossas primeiras impressões do show.

Um dos maiores sucessos da Netflix e responsável direta por um resgate da cultura dos anos 80 na mídia, Stranger Things é uma das mais amadas séries do momento, isso é inegável. Sua trama de suspense e terror juvenil, atrelada a uma boa dose de nostalgia pega, quase que instantaneamente, a quem não tem medo de se arriscar em sua primeira temporada.

É bem verdade que seus elementos centrais não abandonaram a série por completo, sempre estiveram ali, mas a trama precisou, em certos momentos, deixar algumas coisas de lado para andar nas suas segunda e terceira temporada. A jogatina de RPG foi substituída pelo romance, alguns outros elementos foram substituídos pelo drama e desenvolvimento adolescente, claro que tudo de forma fluida e válida na narrativa.

novo-poster-de-stranger-things-4

Stranger Things 4 começa dando ao grupo da pequena Hawkings um momento que lembra muito o seu início ali na primeira temporada, quase que em uma homenagem, e preparando os alicerces para o que virá depois (os amantes de D&D reconhecerão rapidamente sobre o que estou falando ao assistirem a temporada).

A nova temporada tem uma difícil tarefa: ligar os pontos de um elenco de, pelo menos, 10 pessoas que fazem parte do núcleo central da série. Tarefa que exigiu do show os maiores episódios que vimos até aqui. Nenhum episódio da temporada conta com menos de 1h de tela. Algo que, de verdade, não fica cansativo, nem quando é maratonado. Pode confiar.

Algo que vale ser destacado aqui é a evolução dos personagens. Por mais que, em alguns momentos, a história pareça que está em pontos já superados nas temporadas anteriores, as decisões dos protagonistas mostram que o que foi vivido antes serviu de aprendizado. Eles estão em um “novo nível”. Eles agora tem mais segurança em enfrentar seus desafios, não tentando apenas sobreviver ou fugir.

++ Leia também:
– Mulher-Hulk: Defensora de Heróis | Trailer finalmente apresenta o visual da heroína na série
– Doutor Estranho no Multiverso da Loucura | Longa se destaca por (enfim) inserir terror ao MCU

O elenco, como sempre, é um show a parte e, nessa temporada mais que em qualquer outra, fica claro o quanto a série cresceu ao apostar em um núcleo descentralizado. Sim, Eleven é a protagonista, mas, não, o show não depende dela para acontecer. E isso é ótimo!

Outro ponto a ser citado é a qualidade do trabalho de efeitos especiais. A série mostra que o alto valor investido na temporada tem a sua razão de ser e, vale ressaltar: essa temporada tem a maior possibilidade de te assustar que as outras. Esteja avisado.

Stranger Things 4 é o retorno a uma nostalgia e suspense que amamos, com todos os elementos que fizeram das temporadas anteriores o sucesso que foram, e encaminhando a sua excelente história para o desfecho que, infelizmente, está chegando com a próxima temporada.

Lembrando: essa temporada foi dividida em dois volumes. O volume 1 chega agora, dia 27/05, e o volume 2 chega em 01/07.


Acompanhe nossas redes sociais para mais novidades:
Facebook | InstagramTwitterYouTube



Continue lendo

Séries | TV

Stranger Things 4 é confirmada como a maior temporada da franquia

O volume 01 chega na próxima sexta, com 07 episódios, enquanto o volume 02, com os dois episódios finais, chegam em 1º de julho.

Publicado há

em

Faltando uma semana para a estreia da aguardada nova temporada de Stranger Things, a Netflix confirmou hoje que o quarto ano será mesmo a maior de todas as temporadas até então, assim também como será feita a divisão dos episódios entre os volumes 01 e 02.

Na próxima sexta (27/05), o volume 01 chegará com os 07 primeiros episódios da temporada, para gente sentar em frente à TV e maratonar como se não houvesse amanhã. Já os dois últimos episódios, 08 e 09, virão com o volume 02 em 1º de julho, em escala superdimensionados, sendo o penúltimo com 1h e 38m e o último com quase 2h e 30m de duração.

– Já estamos surtando!

E isso não é tudo! Junto com o anuncio oficial desta sexta-feira (20/05), foi liberado também os primeiros 8 minutos de duração do episódio 01 da 4ª temporada de Stranger Things, que está de explodir cabeças.

Confira abaixo:

Sinopse

Seis meses após a batalha de Starcout, nossos heróis favoritos de Hawkins estão trilhando caminhos divergentes. Mike (Finn Wolfhard), Will (Noah Schnapp), Eleven (Millie Bobby Brown), Dustin (Gaten Matarazzo) e Lucas (Caleb McLaughlin) devem descobrir como colocar um fim no Upsid Down de uma vez por todas, enquanto tentam também sobreviverem aos altos e baixos do ensino médio.

++Veja também:
– Gotham Knights | Pôster da nova série da DC é revelado
– Mulher-Hulk: Defensora de Heróis | Trailer finalmente apresenta o visual da heroína na série


Acompanhe nossas redes sociais para mais novidades:
Facebook | InstagramTwitterYouTube



Continue lendo

Séries | TV

Mulher-Hulk: Defensora de Heróis | Trailer finalmente apresenta o visual da heroína na série

Trailer ainda nos apresenta o possível vilão da temporada, além de alguns bons momentos cômicos.

Publicado há

em

Mulher-Hulk-She-Hulk-Defensora-de-Herois-Trailer-serie-Disney-Plus-Tatiana-Maslany-como-Jennifer-Walters-

Mulher-Hulk, uma das próximas séries do Marvel Studios e seu crescente MCU, está chegando ao Disney+.

Protagonizada por Tatiana Maslany, como Jennifer Walters, a série nos introduz à vida da prima de Bruce Banner, o nosso querido Hulk, em sua rotina como advogada e recém transformada em mulher-super-forte-e-verde.

++Leia Mais:
– Doutor Estranho no Multiverso da Loucura | Confira os spots lançados do filme
– Thor: Amor e Trovão | Confira o primeiro teaser-trailer ao som de Guns N’ Roses

O trailer lançado, que você pode conferir ACIMA, nos dá um primeiro vislumbre real do visual da heroína, que remete muito bem ao visual da personagem nos quadrinhos, apesar de os efeitos aparentarem não estar finalizados, se comparados ao nível de qualidade normal da Marvel Studios.

Mulher-Hulk-Defensora-de-Herois-serie-Tatiana-Maslany-como-Jennifer-Walters-Poster

Na série o ator Mark Ruffalo volta ao papel de professor Hulk e também teremos o retorno do Abominável, vilão presente no longa O Incrível Hulk, interpretado por Tim Roth, que já havia aparecido recentemente em uma luta com Wong no longa do Shang-Chi.

Mulher-Hulk: Defensora de Heróis, da Marvel Studios, estreia em 17 de agosto no Disney Plus.


Acompanhe nossas redes sociais para mais novidades:
Facebook | InstagramTwitterYouTube



Continue lendo

Séries | TV

Novo trailer de Ms. Marvel destaca novos poderes da heroína

Personagem que estará em ‘The Marvels’, junto com a Capitã Marvel, ganha sua própria série para entrar no Universo Cinematográfico da Marvel.

Publicado há

em

Desde o megassucesso do ano passado, Homem-Aranha: Sem Volta para Casa, até a série do Cavaleiro da Lua que chegou na quarta-feira passada, 30/04, além do tão esperado Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, a Marvel Studios vem expandido o seu universo. Mas, claramente o estúdio quer que os fãs lembrem que ainda há muito mais por vir, e um novo trailer da próxima série do estúdio para o Disney+ chegou mostrando isso. A série Ms. Marvel vem com tudo em seu novo teaser, para alegria dos marvetes de plantão!

Agora, em um novo teaser, finalmente podemos ver a heroína de Jersey City se vestir e mostrar algumas de suas habilidades até inéditas em suas HQs.

Na série, Kamala é uma grande fã da Capitã Marvel, assim como sua contraparte de quadrinhos, como é evidenciado pelo quarto da personagem, decorado de Carol Danvers nas paredes. Isso é um prenúncio da inevitável parceria entre Kamala e sua “ídala”, que acontecerá no filme The Marvels, previsto para estrear em 2023.

Também temos a chance de dar uma conferida no primeiro traje da Miss Marvel de Kamala, que se inspira na Capitã Marvel, com cores vermelhas e azuis em negrito e o símbolo em seu peito. A personagem Kamala Khan tem sido um sucesso entre os leitores desde que estreou na série de quadrinhos da Capitã Marvel há quase uma década, e finalmente vê-la no MCU é, sem dúvida, um momento triunfante para muitos fãs.

++Leia Mais:
– Morbius | Medíocre, raso e com efeitos especiais da deep web
– Sonic 2 chega provando que sequencias podem ser tão boas quanto filmes de origem

Criada pelos editores Sana Amanat e Stephen Wacker, a roteirista G. Willow Wilson e os artistas Adrian Alphona e Jamie McKelvie, Kamala foi a primeira personagem muçulmana da Marvel a estrear seu próprio gibi.

A série é estrelada por Iman Vellani no papel de Kamala Khan, uma menina paquistanesa que se vê de repente dotada de poderes incríveis. Ms. Marvel se junta ao panteão de heróis do MCU como uma das apostas mais notáveis para a Fase 4.

A série será uma apresentação de uma nova heroína e abrirá alas para a sua participação em The Marvels, que antes se chamava “Capitã Marvel 2”, e que estreia no ano que vem. No longa Kamala se juntará à Capitã Marvel (Brie Larson) e Monica Rambeau (Teyonah Parris).

Bem, veremos muito mais quando Ms. Marvel for lançado no Disney+ em 8 de junho.


Acompanhe nossas redes sociais para mais novidades:
Facebook | InstagramTwitterYouTube



Continue lendo

Séries | TV

Mestres do Universo: Salvando Eternia – Parte 1 | Confira os trailers lançados até agora

Produção da Netflix pretende continuar a história dos Guardiões de Eternia a partir do desenho da década de 80.

Publicado há

em

Mestres-do-Universo-Salvando-Eternia-Parte-1-Trailers

Nós millennials, também conhecidos como cringe (wtf?), estamos em polvorosa com o retorno dos Guardiões de Eternia desde as primeiras notícias do retorno dos Mestres do Universo.

Mais de 35 anos depois do término da série original, Mestres do Universo: Salvando Eternia traz de volta os icônicos guerreiros He-Man, Pacato, Gorpo e Mentor. Juntos, os guardiões do Castelo de Grayskull seguem na luta contra Esqueleto, Maligna, Homem-Fera e as temíveis legiões da Montanha da Serpente. Durante uma dessas batalhas mortais, o reino acaba fraturado para sempre. Agora, cabe a Teela solucionar o mistério da Espada do Poder e resgatá-la para impedir que o Universo chegue ao fim. Na corrida contra o tempo, a filha biológica da Feiticeira vai finalmente descobrir os segredos de Grayskull.

++Leia Mais:
– Sombra e Ossos | Uma boa pedida para quem gosta de fantasia
– ‘Liga da Justiça de Zack Snyder’ apresenta o caminho que o DCEU deveria seguir!

Abaixo trazemos todos os trailers do desenho lançados até o momento:

Trailer 1 (Confira clicando aqui ou abaixo)

Trailer 2 (Confira clicando aqui ou abaixo)

Mestres do Universo: Salvando Eternia chega com sua primeira parte à Netflix em 23 de julho (AQUI).


Acompanhe nossas redes sociais para mais novidades:
Facebook | InstagramTwitterYouTube



Continue lendo

Séries | TV

Sombra e Ossos | Uma boa pedida para quem gosta de fantasia

Série apresenta um novo mundo mágico com vários elementos interessantes, apesar de alguns clichês narrativos.

Publicado há

em

Sombra e Ossos, nova série original Netflix, baseada nos livros best-sellerers de Leigh Bardugo, estreia amanhã, dia 23/04, e nós trazemos para vocês a nossa crítica com um pequeno guia geral, para que não se sintam perdidos nos primeiros episódios.

Sombra-e-Ossos-Poster

Sinopse
Baseada na série de best-sellers de Leigh Bardugo sobre o universo Grisha, Sombra e Ossos acontece em um mundo destruído pela guerra, onde a órfã e soldado Alina Starkov acaba de descobrir um poder extraordinário que pode ser a chave para libertar o país. Com a ameaça monstruosa da Dobra das Sombras à espreita, Alina é separada de tudo o que conhece para treinar e fazer parte de um exército de elite de soldados mágicos conhecidos como Grisha. Enquanto aprende a controlar seus poderes, ela descobre que os aliados e inimigos não são tão diferentes assim e que nada nesse mundo é o que parece. Além de tudo isso, existem forças malignas em jogo, incluindo um grupo de criminosos muito carismáticos, e só a magia não será suficiente para sobreviver. Sombra e Ossos é uma produção da Netflix e da 21 Laps Entertainment, estrelada por Jessie Mei Li (Alina Starkov), Archie Renaux (Malyen Oretsev), Freddy Carter (Kaz Brekker), Amita Suman (Inej), Kit Young (Jesper Fahey) e Ben Barnes (General Kirigan).


A série Sombra e Ossos se baseia no primeiro livro da trilogia que dá início ao, assim conhecido, Grishaverso. A trilogia original é composta por: Sombra e Ossos, Sol e Tormenta e Ruína e Ascenção.

A órfã Alina Starkov, Jessie Mei Li, é uma jovem cartógrafa do Primeiro Exército de Ravka e, assim como vários outros concidadãos, é parte da luta contra a Dobra das Sombras, uma imensa muralha de sombras repleta de monstros. Em uma viagem através da Dobra, Alina se vê ao lado de seu amigo de infância, o também membro do exército, Malyen Oretsev, Archie Renaux, sendo atacada por uma criatura das sombras e se mostra capaz de algo que, para muitos, era impossível: Conjurar o Sol.

Para os mais atentos aos mais variados conteúdos da cultura pop, a narrativa de Sangue e Ossos apresenta vários elementos similares a diversas outras obras.

O universo de Sangue e Ossos é composto por pessoas normais, como eu e você, e por Grishas. Os Grishas fazem parte da elite mágica de Ravka e são os Soldados do Segundo Exército. Eles praticam aquilo que eles chamam de Pequena Ciência, que consiste em manipular a matéria em seus níveis mais fundamentais, como uma versão mágica da química molecular.

Qualquer semelhança com os dobradores de elementos da animação Avatar é mera coincidência. Ou não?

Para não se perder ao assistir a série

A Ordem Grisha é formada por três grupos distintos: Corporalki, Etherealki e Materialki. Cada grupo, por sua vez, é ramificado em grupos de manipuladores diferentes.

Os Corporalki, a Ordem dos Vivos e dos Mortos, são os soldados de mais alta patente no Segundo Exército e é composta por dois tipos distintos de Grishas: Os Sangradores são capazes de fazer com que seus inimigos fiquem impossibilitados de lutar, tirando o ar de seus pulmões e alterando o ritmo de seu coração, sem nem ao menos encostar neles. Sangradores também são capazes de manipular/causar emoções nas pessoas; Os Curandeiros são especializados em curar ferimentos – quer sejam eles causados por um Sangrador ou não.

Os Etherealki, a Ordem dos Conjuradores, é formada por três tipos de Grishas: Os Aeros são capazes de manipular a pressão do ar para criar tempestades; Os Infernais convocam gases combustíveis para manipular o fogo; Por sua vez, os Hidros se aproveitam das condições de temperatura e pressão para comandar a água.

Os Materialki, a Ordem dos Fabricadores, são o mais próximos do que conhecemos como cientistas. Os Alquimistas criam venenos e explosivos. Durastes se especializam no famoso aço Grisha e são os responsáveis pela criação das armaduras utilizadas pelos soldados de elite. Apesar de sua importância, muitas vezes os Materialki não são tão prestigiados quanto as outras ordens.

A protagonista Alina Starkov descobre, tardiamente, ser uma conjuradora, portanto uma Grisha. Mas não apenas uma conjuradora de um elemento qualquer, ela é uma Conjuradora do Sol. Portanto, a única possivelmente capaz de destruir a Dobra.

Além das dificuldades normais que Alina já teria em iniciar um treinamento após a idade ideal para tal, ela ainda sofre com o preconceito de vários por ser uma meio-Shu.

Sombra-e-Ossos-Mapa-Ravka

Ravka é o cenário central da narrativa da série. Um reino dividido pela Dobra, a muralha de sombra, que separou um povo e está fazendo com que os lados, anteriormente unidos, passem a se ver como inimigos. O reino de Ravka é baseado na antiga União Soviética, dividida pelo Muro de Berlim.

O continente onde Ravka está inserido é ainda constituído por Fjerda, ao norte, baseado nos países escandinavos, e por Shu Han ao sul, baseado nos países asiáticos.

Ravka é um país que vive em guerra com seus vizinhos, Fjerda e Shu Han. E, com a presença da Dobra das Sombras, o país sofre com a escassez de recursos e armas para suas guerras, uma vez que não tem como fazer comércio com outros países pelo mar sem correr o risco de ter que passar por territórios inimigos ou ter que enfrentar os monstros de sombras ao cruzar a Dobra.

Além disso, Ravka e Fjerda tem visões antagônicas quanto aos Grishas: enquanto em Ravka os Grishas são respeitados pela maioria do povo e têm um lugar importante na elite do exército, em Fjerda eles são perseguidos e mortos. Já em Shu Han os Grishas são alvo de estudos que buscam descobrir a origem dos seus poderes de manipulação e tentar replicá-los em outras pessoas.

Sobre a adaptação Netflix

Apesar de seu confuso início, a série consegue prender a atenção do espectador do início ao fim, mesmo com os vários clichês empregados no roteiro (que vão desde a donzela facilmente apaixonável até o animal usado como alívio cômico). Se você conseguir passar pela bagunça que são os primeiro e segundo episódios, onde simplesmente são jogados na cara do expectador locais distintos e elementos sem nenhuma, ou com pouquíssima, explicação, você provavelmente acompanhará toda a jornada de Alina.

O trabalho de design de produção da série é ótimo. Você realmente sente que esse continente é algo novo e distinto do continente europeu que conhecemos, apesar de as referências estarem ali. O cenário é tanto influenciado pela Europa real quanto por elementos que lembram o steampunk em alguns momentos. Vale ressaltar que o trabalho de efeitos especiais também é bastante competente, o que é de se esperar para uma produção de fantasia.

O corpo de atores trabalha bem os seus personagens, por mais que deixe um desejo de ver melhor desenvolvido alguns enredos particulares. Mas, infelizmente, Ben Barnes segue interpretando a si mesmo, como em vários dos trabalhos que o ator participa, e seu General ‘Darkling’ Kirigan é apenas mais um dos clichês presentes na obra.

Apesar dos pesares, Sombra e Ossos é uma boa série de fantasia, que apresenta elementos fantásticos aparentemente já explorados em outras obras, mas com uma linguagem e ambientação muito particular.

Os livros do Grishaverso

A série de livros do Grishaverso é composta pela trilogia original: Sombra e Ossos, Sol e Tormenta e Ruína e Ascenção e seguida pela duologia Six of Crows: Sangue e Mentiras e Crooked Kingdom: Vingança e Redenção.

Os dois últimos livros lançados do Grishaverso, King of Scars e Rule of Wolves, ainda não tem versões em português.


Acompanhe nossas redes sociais para mais novidades:
Facebook | InstagramTwitterYouTube



Continue lendo

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidos